imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

DIREITOSCampanha contra a violência à pessoa idosa é lançada pela Prefeitura de Porto Velho

13/Jun/2022 - 19:58

Ação segue na quarta-feira (15) com distribuição de materiais no Porto Velho Shopping

A Prefeitura de Porto Velho promoveu, nesta segunda-feira (13), a abertura da campanha “Respeitar as Pessoas Idosas é tratar o Próprio Futuro com Respeito”. A ação faz parte da celebração do Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado no dia 15 de junho, e tem como propósito conscientizar a população sobre os cuidados especiais que o idoso merece.

Um stand da campanha está sendo preparado no Porto Velho Shopping, próximo ao Tudo Aqui, para atender o público das 10h às 22h, a partir da próxima quarta-feira (15). “Muitos acreditam que o poder público é o único responsável pelo cuidado com a pessoa idosa, mas não, quem tem que cuidar primeiro é a família. A campanha serve para despertar o senso de respeito e cuidado com os mais velhos” falou Vanusa Soares, vice-presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa (CMI) e coordenadora da campanha.

A cerimônia de abertura da campanha aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e contou com representantes de diversos órgãos municipais que também abraçam esta causa junto ao CMI, como o Departamento de Políticas Públicas para Mulheres (DPPM), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), o Departamento de Proteção Social Básica (DPSB) e a Secretária Municipal de Assistência Social e Família (Semasf).

“Ações como essa são essenciais para reforçarmos os cuidados com essa fatia da nossa população que é tão importante para nós, que são os nossos pais, mães, avós, tios. A violência contra o idoso é duas vezes abominável e a Prefeitura de Porto Velho está de portas abertas em prol desta causa”, contou Álvaro Luiz, secretário adjunto da Semasf.

Desde 2006, o dia 15 de junho já era a data escolhida para combater os abusos contra idosos, mas só em 2011 foi instituído oficialmente pela Assembleia Geral das Nações Unidas, após uma solicitação da Rede Internacional de Prevenção ao Abuso de Idosos (Inpea).

O Estatuto do Idoso prevê como crime a conduta de colocar em risco a vida ou a saúde do idoso, por meio de condições degradantes ou de privação de alimentos e cuidados indispensáveis. A pena prevista é de dois meses a um ano de detenção e multa. Caso o resultado do crime seja lesão corporal grave, a pena pode chegar até quatro anos de reclusão. Já em caso de óbito, a pena varia de quatro a doze anos de prisão.

As denúncias de violência contra idosos podem ser feitas pelo número 190, da Polícia Militar, ou pelo número 100, canal de disque denúncias exclusivo para este tipo de ocorrência. O Conselho Municipal do Idoso também disponibiliza um contato de denúncia, que é o (69) 3901-2951.

Texto: Carlos Sabino

Foto: Semusa

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho