PROGRAMAÇÃO Seminário Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha

20/Jul/2021 - 06:05

O evento será online, via Youtube, Inscrição Grátis até 21/07/2021

A DATA DO EVENTO

O dia 25 de julho foi reconhecido pela Organização das Nações Unidas – ONU em 1992, como o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha. A data surgiu a partir do 1º Encontro de Mulheres Afrolatino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingos, na República Dominicana, localizada no Caribe.

No Brasil, já existe a Lei 12.987, de 02 de junho de 2014, que instituiu o dia 25 de julho como Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Em Rondônia, há a Lei Nº 4.266, de 27 de abril de 2018, que instituiu, em âmbito estadual, a data de 25 de julho como o marco à “Memória de Tereza de Benguela e o Dia da Mulher Negra”.

EVENTO

“O município de Porto Velho, a exemplo de outros estados, possui um diferencial a mais para comemorar a referida data, devido à histórica presença de afro antilhanos na construção da lendária ferrovia Estrada de Ferro Madeira Mamoré”, observou a secretária adjunta municipal de Assistência Social e Família (Semasf).

A Prefeitura Municipal de Porto Velho, ao celebrar o dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, realizará no período de 21 a 25 de julho de 2021, as seguintes atividades: palestras on-line, apresentações musicais, exposição fotográfica e a feira de empreendedoras negras com a participação da empreendedora Negralinda.

SEMINÁRIO

Em alusão a data de 25 de julho de 2021, no qual celebra-se o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, serão apresentadas palestras online, no período de 21 a 23 de julho de 2021 às 19 horas. As palestras serão realizadas a partir das perspectivas discutidas em trabalhos acadêmicos de pesquisas relacionados as contribuições importantes e legados dos afro-caribenhos para o município de Porto Velho.

21/07/21 (quarta-feira) - MANHÃ

9h - 10h30 | Recepção de Autoridades e Participantes + Solenidade de Abertura (Assinatura do PROJETO LEI de 25 de julho de 2021)

10h30 | Abertura da Exposição "Afroantilhanas do Madeira: Pioneiras na Arte de Educar" (Apresentação Cultural)

21/07/21- (quarta-feira) - NOITE: Videoconferência 1ª Painel Mediadora: Patrícia de Oliveira Fonseca – Núcleo Étnico Racial Mãe Esperança

19h - 20h30 | Participação da Embaixada de Barbados Tonika Sealy Thompson por meio virtual direto de Bardados

19h30 - 20h40 | Tema: "A diáspora barbadiana e o legado na área de educação em Porto Velho". Ma Elisângela L.C. Schuindt

22/07/21- (quinta-feira) NOITE: Videoconferência 2ª Painel Mediadora: Estela da Costa - Núcleo Étnico Racial Mãe Esperança

19h - 19h40 | Tema: "A mulher Haitiana em Porto Velho/RO - Imigração e Gênero". Doutoranda em Antropologia Social e

Pesquisadora da Imigração Internacional Haitiana Roziane Jordão

19h40 - 20h10 | Questionamentos e Participações

23/07/21- (sexta-feira) NOITE: Videoconferência 3ª Painel Mediadora: Hana Lopes - Núcleo Étnico Racial Mãe Esperança

19h - 19h40 | Tema: "A importância dos barbadianos para a formação da Cidade de Porto velho". Drª Mara Genecy Centeno/UNIR

19h40 - 20h10 | Questionamentos e Participações

EXPOSIÇÃO

Afro-Antilhanas do Madeira: Pioneiras na arte de educar.

Para celebrar a data de 25 de julho de 2021, a Prefeitura Municipal de Porto Velho e Serviço Social do Comércio - SESC realizarão a Exposição Fotográfica intitulada: Afro-Antilhanas do Madeira: Pioneiras na Arte de Educar. O objetivo é retratar as primeiras professoras afro-antilhanas e seus relevantes serviços prestados à educação em Porto Velho.

Enquanto os homens trabalhavam na construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, as mulheres antilhanas atuavam na educação nas primeiras escolas públicas do município de Porto Velho, inclusive desenvolvendo modelos de alfabetização bilíngue. Na exposição serão retratadas as histórias destas pioneiras da educação e suas descendentes.

FEIRA DAS EMPREENDEDORAS NEGRAS

A Prefeitura Municipal de Porto Velho, em parceria com o Núcleo Étnico Racial da Associação Filhas do Boto Nunca Mais, Mãe Esperança, realizará a Feira das Empreendedoras Negras, nos dias 24 e 25 de julho de 2021, das 9h às 17h, no Mercado Cultural de Porto Velho. A Feira será composta por mulheres empreendedoras negras que historicamente ocupavam subempregos e encontraram no empreender uma nova oportunidade de melhorar as suas condições de vida.

A abertura do evento será dia 24 de julho de 2021, às 9 horas, no Mercado Cultural de Porto Velho, com a participação da Empreendedora Social Negralida, que ministrará a Palestra “Empreendedorismo Social como Fortalecimento de Base Territorial”.

REALIZAÇÃO

Prefeitura Municipal de Porto Velho

INSTITUIÇÕES ORGANIZADORAS

Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família – SEMASF

Fundação Cultural de Porto Velho – FUNCULTURAL

Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho – SEMDESTUR

Superintendência Municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital – SMD

Secretaria Municipal de Educação – SEMED

Texto: Equipe Semasf

Fotos: Equipe Semasf


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho